FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Espírito amigo

O ser humano é um celeiro de oportunidades. É um terreno, às vezes mais, às vezes menos fértil às infinitas possibilidades que carrega.
Se rega a sua terra com bons hábitos, bons pensamentos e fé, tem chance de uma colheita mais farta. O desabrochar das plantas lhes causa dor, muitas vezes o falecimento da semente para dar vez ao caule. Assim é o desenvolvimento do homem.
Crescer internamente, espiritualmente, exige a morte do egoísmo, da falta de caridade, da indiferença ao outro.
Se não há, no entanto, crescimento sem dor, também não há florescer sem regozijo. A satisfação de se ver melhor, capaz de trocar maus pensamentos por boas energias, é prazer inigualável.
Reguemos o nosso terreno com os adubos que já sabemos serem importantes. Tenhamos coragem de evoluir da semente para o broto, desse para a árvore e assim por diante. Não há limite para se tornar melhor.

Psicografia: Soraya
Grupo Meimei
Comunhão Espírita de Brasília
(6.8.2016 às 18h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário