FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO ( Paulo, O Apóstolo - Paris, 1860 - "O Evangelho Segundo o Espiritismo" - Cap. XV, Item 10 - Allan Kardec)

Amigo Espírito

Não tenha medo de falhar, busque primeiro a boa vontade de colaborar com tudo aquilo que esteja a seu alcance.
Os trabalhos cujo teor esteja repleto de boa vontade e desprendimento contam com as bençãos do céu.
Saibam todos que a terra passa por um momento de profunda carência afetiva e, mais do que isso, de compreensão e de paciência.
Assim se teus atos são afortunados por sinceros laços de amor e desprendimento, não se deve preocupar, porque como a terra ressequida do sol, nossos irmãos e irmãs se encontram ávidos pelas gotículas de caridade que podemos lhes consentir.
Além do mais, quem não erra? Nossa vida é composta de erros e acertos, tentativas e mais tentativas, para assim, por meio do esforço pessoal alcancemos os páramos da libertação individual.
Como é bom participar dessa obra, desse objetivo maior que constitui o verdadeiro porque de nossas vidas.
Apenas um singelo, mas importante conselho. É necessário respeitar o livre arbítrio de quem se ajuda.
O auxílio deve ser recebido espontaneamente, nunca imposto, pois cada um tem sua hora e seu momento, por isso, quando recusado devemos respeitar e não questionar ou criticar.
Claro, quando necessário que estejamos prontos para atender e nunca, em hipótese alguma, fazer lembrar a recusa anterior.
Se errarmos, se formos excessivos ou impositivos peçamos perdão a quem impomos nossa colaboração, e deixemos que cada um siga seu caminho em paz.
Todavia, não deixe jamais de endereçar suas preces a esse irmão ou irmã.
Lembrem do exemplo de Jesus, sempre aberto e pronto a quem quiser que fosse, mas em hipótese alguma impôs sua doutrina de regeneração a qualquer um, cada ser é livre para aceitar ou não.
Assim, só erraremos na ocasião em que forçarmos o recebimento ou a aceitação de qualquer ajuda.
Caso contrário, respeitando o próximo, e dando nossa contribuição na tarefa bendita do amor, do perdão e da fé estaremos sempre tomando a atitude correta.
Lembrem-se que, nunca e em momento algum estareis sozinhos, um segundo sequer, pois todos estarão conectados a bendita luz do Cristo maior.
Fraternalmente,

Amigo Espírito

Psicografia: Danilo Martins
Grupo Meimei
Comunhão Espírita de Brasília
(19.11.2016 às 18h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário